"Dedicado à promoção e treino canino da raça Rottweiler e demais raças de cães ."

Cláudio Nogueira

Será o cão que procura...

A decisão de ter um cão.

A decisão de ter um cão, deve ser muito ponderada.


Rottweiler TreinoInfelizmente, muitas pessoas compram ou adotam um cão por impulso. Quando assim é, garantidamente, existe um desconhecimento total sobre a raça a que pertence o exemplar escolhido. Não menos importante, existe um desconhecimento sobre os cuidados, deveres e obrigações inerentes à detenção de um cão.

A decisão de ter um cão, deve ser uma decisão muito ponderada. Principalmente, se o cão for integrar um agregado familiar com crianças. No caso da escolha recair sobre um Rottweiler, não esquecer que se trata de uma raça de crescimento rápido, a qual numa fase adulta, apresentará um porte médio ou mesmo grande.

Se a maioria dos cães, independentemente da sua raça ou sem raça definida, devem ser alvo de uma correta educação, sociabilização e treino, no caso da raça Rottweiler, é obrigatório.

A raça Rottweiler é injustamente classificada pela legislação portuguesa como “potencialmente perigosa”. Ideia que no geral é partilhada pela opinião pública.
Esta realidade, acontece em função dos incidentes que vão sendo noticiados, os quais na sua maioria estão relacionados com uma detenção irresponsável dos cães em causa. Estes últimos, oriundos de uma seleção sem critério, pouco ou nada devem à raça Rottweiler.

Em condições normais um exemplar da raça Rottweiler oriundo de boas linhagens é um cão equilibrado. No entanto, o futuro detentor de um exemplar desta raça deve estar consciente que, principalmente na fase de crescimento, não pode descurar a sua educação, sociabilização e treino.

Não menos importante, ser detentor de um exemplar de uma raça considerada “potencialmente perigosa”, obriga a várias imposições legais e constrangimentos sociais dos mais diversos.

Assim, os seguintes aspetos devem ser considerados:

  • A decisão de ter um cão deve ser uma decisão unânime no seio familiar e onde não deve haver qualquer receio de cães.
  • A decisão de ter um cão de médio grande porte, deve implicar um espaço amplo destinado ao mesmo.
  • A decisão sobre a escolha de uma determinada raça deve considerar o estilo de vida da pessoa ou agregado familiar e a sua experiência com cães.
  • Disponibilidade de tempo para passear o cão, no mínimo, duas vezes ao dia. O tempo de cada passeio, numa fase adulta e saudável, não deve ser inferior a 20m.
  • Disponibilidade de tempo para frequentar uma escola de treino canino.
  • Disponibilidade financeira para suportar despesas médicas, imposições legais ( inerente às raças consideradas “potencialmente perigosas” ) uma boa alimentação e uma mensalidade destinada ao treino do cão.
O Rottweiler é um cão com um excelente temperamento mas dotado de um forte carácter. Quando bem educado, sociabilizado e treinado, torna-se num exemplar acessível a “todos”. O inverso também é verdade, ou seja, a ausência de tudo o que atrás foi referido pode torná-lo numa fonte de problemas com consequências graves para os donos e para terceiros.

Um cão irá se comportar em função do que lhe foi ensinado. A responsabilidade, para o bem e para o mal, será sempre do seu detentor.

Cláudio Nogueira
Amigo do Rottweiler...e não só!